add wishlist add wishlist show wishlist add compare add compare show compare preloader

Ainda vamos a tempo?

Por Equipa Digiplanet 0 comentários

Ainda vamos a tempo?

No último artigo falámos sobre a crise climática que vivemos atualmente e a urgência em alterar os nossos comportamentos. Os factos e números falam por si - muitas espécies já estão extintas, inúmeros ecossistemas, como os glaciares ou os corais, deixaram de existir, a temperatura da Terra está mais elevada do que devia. Tudo isto são consequências diretas de comportamentos da humanidade que são prejudiciais para o planeta, como a emissão de gases com efeito de estufa.

 

Perante esta realidade, põe-se uma questão pertinente… Será que ainda vamos a tempo de “salvar” o nosso planeta?


            A resposta é controversa. Por um lado, já não podemos recuperar o que perdemos e todos os gases nocivos emitidos ou florestas abatidas. Segundo as conclusões do estudo de investigadores da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, e de Gotemburgo, a Natureza necessitaria de 3 a 5 milhões de anos para recuperar a biodiversidade que se espera que seja perdida nos próximos 50 anos.

 

No entanto, ainda vamos a tempo de evitar as grandes catástrofes que irão acontecer se não alterarmos o nosso estilo de vida. Se te queres tornar numa pessoa mais alerta para os temas da sustentabilidade e fazer os possíveis para tornar a Terra num planeta mais verde e um local onde as futuras gerações poderão viver, deixamos-te aqui algumas dicas de coisas que podes fazer:

 

1 - Diminuir o consumo de água. Isto passa por não tomar banhos de imersão, fechar a torneira enquanto lavas os dentes e o cabelo e não deixar as mesmas a pingar e até optar por um autoclismo de descarga dupla.

 

2 - Reduzir o consumo de energia - apagar as luzes das divisões onde não estás, trocar as lâmpadas normais por uma versão mais económica, desligar os aparelhos eletrónicos da tomada quando não estão a ser usados.

 

3 - Os 3 Rs: Reciclar, Reutilizar e Reduzir. Antes de chegar à reciclagem, tenta reutilizar ao máximo. Prolonga a vida útil do objeto e evita o descarte de um material e a compra de um novo produto. Portanto, esta prática reduz a quantidade de matéria-prima, água e energia necessária à fabricação de novos bens de consumo e diminui a poluição. Reciclar corretamente o lixo, procedendo à separação não só do plástico e do papel, mas também do vidro, dos resíduos eletrónicos, e pilhas.

 

4 - Não utilizar tanto o carro - Os carros são responsáveis por emitir uma grande quantidade de gases poluentes para a atmosfera. Opta por transportes públicos, andar a pé ou de bicicleta e, se não dispensas o carro, carsharing.

 

5 - Dieta sustentável. Quando vais às compras, dá preferência a produtos orgânicos e biológicos, que são cultivados de modo a promover práticas agrícolas ecológicas e com impacto positivo no ecossistema. Tenta reduzir a quantidade de carne (especialmente vermelha) que comes -  para criar gado, há que desflorestar um enorme território, gastar grandes quantidades de água e, por último, o gado emite gases de efeito estufa em abundância, sendo bastante poluente em grande escala.

 

6 - Apoia causas e empresas com valores sustentáveis. A forma mais eficaz de promover a mudança é optar por entidades mais ecológicas. Sempre que possível escolhe os produtos com selo de sustentabilidade e marcas com que te identificas mais. Podes também doar para organizações e ONGs que trabalham com causas ambientais.

 

 

Maria do Mar Sousa, 11/09/2021

x